domingo, 30 de outubro de 2016

Governo da Guiné-Bissau e Nações Unidas entregam cabazes para reinserção de mulheres

O Ministério da Saúde da Guiné-Bissau e o Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) entregaram hoje cabazes a 26 mulheres tratadas a fístula obstétrica para promover a sua reinserção social. Os cabazes incluem sacos de 50 quilos de açúcar, arroz e outros produtos domésticos.



“Pretende-se dar a estas mulheres a oportunidade de desenvolverem pequenos negócios e gerarem rendimentos para que possam contribuir para a economia familiar, permitindo-lhes retomar as suas vidas”, referiu Kourtoum Nacro, representante do UNFPA na Guiné-Bissau, durante a cerimónia de distribuição. 


 A fístula obstétrica é uma perfuração causada em partos sem os cuidados necessários que provoca perdas de urina e fezes e afeta a vida reprodutiva das mulheres, levando por vezes à sua exclusão familiar e social.

 As 26 mulheres que hoje receberam os cabazes sofriam do problema e foram operadas durante uma campanha realizada em abril no Hospital Nacional Simão Mendes, em Bissau.

 Os cabazes visam o passo seguinte: “contribuir para a sua participação [na sociedade] e melhorar a qualidade de vida com dignidade”, concluem o Ministério da Saúde da Guiné-Bissau e o UNFPA.


  Fonte da Noticia – Veja Aqui

Nenhum comentário: