sábado, 29 de outubro de 2016

Brasil - MP vai mapear as entidades de apoio às pessoas com deficiência

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), por meio do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça (Caop) da Cidadania e dos Direitos Fundamentais, pretende fazer um mapeamento de todas as entidades de apoio às pessoas com deficiência instaladas no estado da Paraíba, com o objetivo de conhecer cada uma dessas instituições para divulgá-las à sociedade e fazer o acompanhamento de suas atividades.



Na manhã desta terça-feira (25), na Coordenadoria do Caop da Cidadania e dos Direitos Fundamentais, em João Pessoa, foi realizada, a primeira reunião para tratar da iniciativa, denominada ‘Acompanhamento de Entidades de Apoio às Pessoas com Deficiência na Paraíba’.


 A reunião contou com a participação de representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Paraíba (Crea-PB), do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 1ª Região (Crefito-1) e do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência (CEDPD-PB). 


 O objetivo da nossa iniciativa é, essencialmente, conhecer e divulgar as entidades de apoio às pessoas com deficiência na Paraíba, visando, futuramente, fornecer condições para a elaboração de iniciativas complementares”, explica a promotora de Justiça Adriana de França Campos, coordenadora do Caop da Cidadania, informando que já foram remetidos questionários detalhados a dezenas de entidades do estado.

 “Posteriormente, esses questionários servirão de base para um estudo e a elaboração de relatórios”, completa a promotora de Justiça, adiantando que, entre fevereiro e agosto de 2017, deverão ser realizadas visitas de acompanhamento a algumas dessas entidades destinadas a cuidar das pessoas com deficiência.

 A reunião dessa terça-feira também teve por finalidade apresentar a iniciativa do MPPB aos órgãos presentes e formalizar convite para que participem dela, acompanhando os representantes do Ministério Público da Paraíba nas visitas in loco e elaborando relatórios pertinentes às suas áreas de atuação.

Ficou decidido que o Caop remeteria aos presentes à reunião, via e-mail, uma relação de entidades para que sejam definidas, através de votação, quais delas deverão ser visitadas no ano que vem.


Fonte da Noticia – Veja Aqui - MPPB

Nenhum comentário: