quarta-feira, 18 de maio de 2016

Angola com um mais de milhão de pessoas com deficiência auditiva

Luanda - Mais de um milhão e quinhentas mil pessoas com deficiência auditiva estão identificadas no país, entre as quais crianças e jovens estudantes, anunciou hoje, segunda-feira, o director nacional do Ensino Especial, Jorge Pedro.

 
 Em declarações à Angop no âmbito do curso de intérprete da Língua Gestual Angolana (LGA), Jorge Pedro disse que os deficientes enfrentam muitas dificuldades de comunicação e os intérpretes servirão de ponte entre surdos e ouvintes. 


Jorge Pedro disse que há 11 anos fez-se uma campanha intitulada

“Quero ouvir bem para aprender melhor” durante a qual se sensibilizou as comunidades e os pais para que levassem os filhos às escolas.

 De acordo com o responsável, esta campanha permitiu o afluxo de muitas crianças com deficiência auditiva no sistema de educação, razão pela qual se começou a trabalhar mais seriamente na formação de intérpretes para atender as crianças deficientes.

 O director fez saber ainda que muitas pessoas com dificuldades auditivas não encontram condições no ensino superior para dar continuidade a formação. Em 2014 o sistema contou com 6.990 alunos com deficiência auditiva.

 O país conta com 20 escolas especiais e 775 instituições de ensino inclusivas.


  Fonte da Notícia – Veja Aqui

Nenhum comentário: