sábado, 19 de março de 2016

Angola: Assinatura do memorando "Stop Malária" marca semana social

Luanda - A assinatura do memorando a longo prazo, denominado "Stop Malária", que consiste na ajuda e sensibilização activa para a luta contra a malária dominou o noticiário da semana que hoje (sábado) finda.

 

 Sensibilizados com a real situação vivida na unidade hospitalar e para acudir as necessidades da instituição, o memorando foi assinado pela Presidente do Conselho de Administração (PCA) da Unitel, Isabel dos Santos, e pela directora do hospital pediátrico "David Bernardino", Vitória do Espírito Santo.

 

 Ao intervir no acto, a PCA da Unitel sublinhou que aquela operadora móvel sempre teve compromisso com a responsabilidade social, desenvolve grandes acções do género, em todas as províncias do país. 

 

Defendeu o aumento de campanhas de sensibilização contra a malária, para dotar as pessoas de informações sobre o mosquito que provoca a doença. 


Marcou também destaque na semana social, o anúncio da participação da delegação da Associação Nacional de Deficientes de Angola (Anda) na Nona Assembleia Mundial de associações de pessoas com deficiência a decorrer em Nova Delhi (Índia ) a decorrer de 11 a 13 de Abril do ano em curso. Silva Lopes Etiambulo aproveitou a ocasião para manifestar a sua preocupação pelo elevado número de ex-militares residentes na cidade de Luanda e que se debatem com a falta de residência, situação que tende a se agravar com as chuvas que se abatem sobre a capital do país.

O noticiário social da Angop foi dominado também pela realização da palestra subordinada ao tema “Cidadania e a sua Importância”, organizada pela Associação Angolana de Mulheres de Carreira Jurídica (AAMCJ) no âmbito da jornada "Março Mulher".

Na ocasião, a sua presidente, Teresa Amado, disse que o desenvolvimento económico tem um reflexo profundo naquilo que são os direitos do cidadão e o exercício da cidadania por parte do mesmo.

Na mesma esteira, uma outra palestra foi dirigida aos adidos militares acreditados em Angola, subordinada ao tema

“Os direitos da mulher na sociedade”, durante uma visita que estes efecturam ao Ministério da Família e Promoção da Mulher.

O Conselho consultivo do Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, realizado na cidade do Lubango, província da Huíla, sob a orientação do seu titular Cândido Van-Dúnem mereceu caixa alta no noticiário social.

À margem do evento, o ministro defendeu ser imperioso que se trabalhe mais para melhorar substancialmente a vida dos assistidos e seus descendentes. A participação de Angola na 326ª Sessão do Conselho de Administração da Organização Internacional do Trabalho (OIT), cujos trabalhos tiveram lugar na sede da OIT, em Genebra (Suíça), cuja delegação foi chefiada pelo representante Permanente junto dos Escritórios da ONU, embaixador Apolinário Correia, constituiu também destaque da semana.

Fonte da Notícia: Veja Aqui

Nenhum comentário: