quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública da Guiné-Bissau visita Instituto Ricardo Jorge

O presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública da Guiné-Bissau (INASA), Plácido Cardoso, esteve, dia 1 de setembro, no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Instituto Ricardo Jorge), em Lisboa, para uma reunião de trabalho sobre o projeto da Missão Bilateral que mantém em funcionamento um laboratório móvel do Instituto Ricardo Jorge em Bissau e conhecer um pouco melhor a atividade desenvolvida pelo Instituto. Foram, também, abordados temas relacionados com o futuro da missão de cooperação entre Portugal e a Guiné-Bissau.

 

No âmbito da missão de cooperação entre os dois países, o Instituto Ricardo Jorge tem assegurado o funcionamento em permanência, desde março, de um laboratório móvel em Bissau que permite garantir a deteção do vírus ébola em amostras de doentes suspeitos de terem contraído a doença.


Para além executar os diagnósticos de ébola, os técnicos do Instituto Ricardo Jorge têm também ministrado formação na área da biossegurança laboratorial. Em relação a esta vertente formativa, destacam-se as áreas de boas-práticas microbiológicas, biossegurança laboratorial, transporte de substâncias infeciosas e técnicas de diagnóstico molecular.


Durante a visita de cortesia, o presidente do INASA teve ainda oportunidade de conhecer alguns laboratórios e unidades do Instituto Ricardo Jorge que intervêm na deteção do vírus ébola. Plácido Cardoso esteve reunido com Fernando de Almeida, presidente do Instituto Ricardo Jorge, e alguns dos técnicos que têm estado na Guiné-Bissau ao abrigo da missão de cooperação.

Fonte da noticia: Veja Aqui

Nenhum comentário: