segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Ébola: Ministra da Saúde da Guiné-Bissau pede prevenção durante o Carnaval


O Ministério da Saúde da Guiné-Bissau lançou hoje um apelo para que a população respeite as medidas de prevenção do Ébola durante a época de Carnaval, propícia a festejos com maior aglomeração de pessoas.


"Mantenham os esforços nas ações de prevenção que consistem na adoção de boas práticas de higiene individuais e coletivas", recomendou a ministra da Saúde, Valentina Mendes, numa mensagem lida hoje para a comunicação social.

 Apesar de a Guiné-Bissau "permanecer livre" do vírus Ébola, "não deixa de ser considerado um país de alto risco", referiu. Lavagem das mãos, utilização efetiva das latrinas, proibição de consumo de carnes de caça e usar utensílios descartáveis foram algumas das recomendações da governante para prevenir o Ébola, assim como outras doenças, durante as festas de Carnaval.

A mensagem a transmitir nas rádios e televisão guineenses inclui um pedido aos jovens, para que "façam o uso correto dos meios de proteção" face a doenças "sexualmente transmissíveis". Durante os dias de festa, Valentina Mendes anunciou que haverá equipas de prevenção nas ruas e no Hospital Simão Mendes, principal unidade de saúde do país, para acudir a qualquer emergência.

O desfile de Carnaval de Bissau está marcado para domingo à tarde, num percurso de cerca de quilómetro e meio entre o Libya Hotel e o Bairro da Ajuda - zona onde estão montadas barraquinhas de comida e bebida.

  Fonte: Veja Aqui

Nenhum comentário: