sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

FUNDAÇÃO ADFP APOSTA EM NOVOS CONTRATOS DE TRABALHO

MIRANDA DO CORVO – A Fundação ADFP de Miranda do Corvo assinou 9 novos contratos de trabalho para pessoas que terão um 2015 com maior otimismo.



Sete dos quais são novos contratos de Emprego Protegido/ENCLAVE, para integrar pessoas com deficiências e incapacidades, em áreas como os serviços administrativos, fisioterapia e jardinagem/agropecuária, preparando assim o início de uma nova atividade de produção de queijos e enchidos.

Para além destes contratos registou-se também um novo contrato sem termo, integrando uma jovem licenciada e desempregada, na equipa do Lar de Infância e Juventude, apostando no apoio às crianças e jovens residentes. Finalmente também se assinou um contrato no âmbito da empresa de inserção, que acolhe uma desempregada de longa duração, mediante seis meses de formação e 18 meses de contrato de trabalho.

Mais uma vez é notório o esforço da Fundação ADFP na integração em mercado de trabalho de pessoas portadoras de deficiência e doença mental.

Neste âmbito temos em candidatura a criação de um GIP inclusivo (Gabinete de Inserção Profissional) para pessoas com deficiências e incapacidades, dinamizado e posto em prática por pessoas também elas com deficiências e incapacidades. Este projeto de criação de um GIP inclusivo será uma inovação nacional que conta com o apoio declarado do Dr. Octávio de Oliveira, Secretário de Estado do Emprego, quando visitou a ADFP, sendo necessárias algumas alterações legais.

A Fundação espera poder concretizar este projeto em 2015 com o apoio do IEFP. 


A criação de novos postos de trabalho, nomeadamente para pessoas com necessidades especiais é prioridade permanente da ADFP, assente em projetos sustentáveis.

A criação de uma queijaria e fumeiro, já construída e equipada, que só aguarda o licenciamento da câmara municipal será mais um passo para atingir este objetivo de criação de novos postos de trabalho

  Fonte: Veja Aqui

Nenhum comentário: