segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) – Setúbal «Uma sociedade inclusiva é uma sociedade democrática»

A importância de prosseguir o trabalho de criação de condições para uma cidade inclusiva foi defendida na abertura da 6.ª Semana Temática da Deficiência, realizada em Setúbal. O vereador com o pelouro da Inclusão Social da Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, lembrou na sessão, realizada no Salão Nobre dos Paços do Concelho, que a inclusão “só acontece se todos continuarem empenhados”, sendo que “há muito caminho por fazer”, numa altura em que se verifica “um desinvestimento no apoio às famílias das pessoas com deficiência e às instituições”.

 
O autarca discursou na abertura da 6.ª Semana Temática da Deficiência, iniciativa organizada pelo Grupo Concelhio para as Deficiências, constituído por várias instituições, incluindo a Câmara Municipal de Setúbal, que se prolonga até domingo, com o objetivo de sensibilizar e envolver a população numa cidadania inclusiva.

Na sessão de abertura, em que estiveram presentes sociólogos, técnicos camarários, pessoas com deficiência e representantes de associações que prestam apoio na área, o presidente da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) – Setúbal, José Salazar, referiu que “uma sociedade inclusiva é uma sociedade democrática, com base em princípios como a tolerância, o respeito, a fraternidade”.

Já Henrique Duarte, representante da Associação de Saúde Mental Doutor Fernando Ilharco, referiu que “não é fácil falar sobre inclusão”, área em que “ainda há muito por fazer”, enquanto o sociólogo e investigador José Miguel Nogueira salientou a importância do papel das autarquias e das parcerias com as instituições na área da inclusão social.

Hoje, o segundo dia da Semana Temática da Deficiência, dedicado ao encontro “Mitos e Tabus na Deficiência”, a chefe da Divisão de Inclusão Social da Autarquia, Conceição Loureiro, manifestou o desejo de manter a iniciativa porque “há vários caminhos para a inclusão e este é um deles”.

 Entre os convidados deste encontro realizado no Cinema Charlot – Auditório Municipal, a diretora do Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal, Clara Birrento, anunciou que serão assinados novos acordos de cooperação com a APPACDM e com a Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo.

 Fonte CMS Fonte: Veja Aqui

Nenhum comentário: