sábado, 1 de novembro de 2014

Delegação da Madeira da Associação Portuguesa de Deficientes reúne-se com autarquia porto-santense

A Associação Portuguesa das Pessoas com Necessidades Especiais, em parceria com a Associação Portuguesa de Deficientes - Delegação da Região Autónoma da Madeira, reuniu-se nesta tarde com a Câmara Municipal do Porto Santo, contando com a presença do presidente Filipe Menezes de Oliveira e o presidente da ASL, Filipe Rebelo. 


 Contudo, foram discutidos alguns pontos de interesse para a população com deficiência do concelho, nomeadamente a aquisição de uma cadeira anfíbia, as acessibilidades limitadas e a construção de uma Plataforma que identifique as necessidades das pessoas com deficiência e as ajudas técnicas disponíveis.

 "O presidente da Câmara mostrou-se empenhado e motivado em melhorar a qualidade de vida e bem-estar das referidas famílias.

 No que diz respeito, aos estacionamentos destinados às pessoas com deficiência, foi assinalado para o facto de que dois dos Munícipes da Ilha da Madeira aceitaram o desafio e proposta lançada pela Associação Portuguesa de Deficientes da Madeira, ao implementar um regulamento de estacionamento (Regulamento Nº 301/2014 de 18 de Julho de 2014), que permite às pessoas com deficiência, portadoras dos cartão / Dístico de Estacionamento, estacionar a sua viatura em qualquer linha azul do Concelho gratuitamente", refere a APD-Madeira em nota à imprensa.

 Relativamente a este ponto, "o autarca refere que irá procurar resolver com as entidades responsáveis, demonstrando em aceitar este desafio lançado pela Associação e realçando a verdadeira importância e mais-valia para os munícipes e para a população com deficiência que visite o concelho".

Foi também dada a conhecer a campanha 'Dê uma tampa à indiferença', podendo vir a ser alargada aos empresários locais. Por seu turno, foi também discutida a possibilidade de apoiar a APD a nível financeiro, sendo a mesma discutida entre as entidades da Câmara.

O apoio financeiro solicitado à autarquia, bem como a extrema importância para a Petição das Pensões de Invalidez, foi outra das propostas da Associação Portuguesa de Deficientes da Madeira.

  Fonte: Veja Aqui

Nenhum comentário: