sexta-feira, 18 de abril de 2014

BB libera R$ 100 milhões para pessoas com deficiência

O Banco do Brasil ultrapassou a marca de R$ 100 milhões em desembolso na linha destinada a financiar itens de tecnologia assertiva para pessoas com deficiência. Segundo o BB, mais de 16 mil clientes já contratam empréstimo na instituição para financiar os bens e serviços. Na comparação do que foi liberado no primeiro trimestre deste ano com o mesmo período do ano passado, houve incremento de 16%.

  Essa linha de crédito foi criada pelo governo federal em fevereiro de 2012. Entre os produtos que podem ser financiados estão cadeira elevadora para domicílios, cama hospitalar, serviços de adaptação de veículos, órteses e próteses, entre outros. O cliente ainda pode usar os recursos do banco público para adaptar sua moradia para pessoas com deficiência, financiando o projeto arquitetônico, a reforma e os materiais de construção. É possível comprar equipamentos para si mesmo ou para ajudar outra pessoa. A decisão de autorizar os bancos a criar crédito específico para portadores de deficiência foi tomada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em janeiro de 2012. O Banco Central (BC) estimou, na época, em R$ 1 bilhão o volume de recursos da exigibilidade total. No Banco do Brasil, a linha destinada a esse público, que é isenta de IOF, cobra taxa de juros de 0,41% ao mês para quem recebe até cinco salários mínimos ou 0,45% mensais para quem ganha de cinco a dez salários mínimos. O cliente tem a opção de financiar a totalidade do valor do bem ou serviço, com limite máximo de R$ 30 mil. A dívida pode ser quitada em até cinco anos.

  Fonte: Veja Aqui

Nenhum comentário: