terça-feira, 6 de agosto de 2013

Vacina brasileira contra o VIH será testada em macacos

Uma vacina brasileira contra o VIH, causador da Sida, começará a ser testada em macacos no segundo semestre deste ano, divulgou hoje a agência FAPESP. 

 De acordo com a agência de notícias da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), com duração prevista de 24 meses, a experiência tem o objetivo de encontrar o método de imunização mais eficaz para ser usado em humanos. Concluída esta fase, e se houver financiamento suficiente, poderão começar os primeiros ensaios clínicos. A vacina, denominada HIVBr18, foi desenvolvida e patenteada pelos investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) Edecio Cunha Neto, Jorge Kalil e Simone Fonseca. Atualmente, o projeto é conduzido no âmbito do Instituto de Investigação em Imunologia, um dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs), um programa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), apoiado pela FAPESP no Estado de São Paulo. O trabalho teve início em 2001, sob a coordenação de Cunha Neto

. Fonte: DN Ciência

Nenhum comentário: