quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

13 Síndromas que desencadeiam incapacidade intelectual

Geneticistas e especialistas médicos de Barcelona e Bilbao confirmaram a existência de 13 novos síndromas de origem genética, desencadeadores da incapacidade intelectual em adultos e não descritos até agora na literatura médica internacional. 

 O médico José Ignacio Lao, diretor médico da Genómica Genéticas Internacional e membro da equipa que levou a cabo este estudo nos últimos dois anos, explicou à Agência EFE que cerca de 50% dos casos de incapacidade intelectual adulta não dispõem de um diagnóstico certeiro, uma vez que não se conhece a sua origem. Os cientistas investigaram se neste grupo de doentes poderia existir uma causa genética de base, além das ambientais, obtendo resultados "surpreendentes e esperançosos". A dúvida foi colocada entre uma mostra representativa de 740 afetados que se tratam no Grupo Catalonia, uma organização Não Governamental (ONG) nascida a partir de uma associação de padres que se formou nos anos 70. O diretor desta organização, o médico Joaquim Serrahima, explicou à Efe que num doente com atraso mental o diagnóstico correto é um passo essencial para poder estabelecer um tratamento adequado e, por isso, é tão importante poder diferenciar os fatores de origem genética, além dos ambientais como partos traumáticos, infeções ou agressões tóxicas, entre outras. Atualmente, a grande maioria destes doentes são catalogados como idiopáticos, ou seja, de causa desconhecida, o que faz com que pareça que são "impossíveis de resolver e tratar".

  Fonte: Jornal Diário de Noticia

Nenhum comentário: