segunda-feira, 2 de julho de 2012

Insólita, Junta médica deu condutor tetraplégico como apto a conduzir motos na validação da carta

Uma junta médica convocada para avaliar um tetraplégico que pretendia conduzir um carro adaptado deu o paciente como apto a conduzir motas e veículos de embraiagem automática ou assistida. O homem, com uma incapacidade comprovada de 85%, fala em erro grosseiro e pretende que a reavaliação seja feita por especialistas em Alcoitão, mas pelas contas, corrigir a situação irá custar-lhe cerca de 500 euros.

Veja Aqui o Vídeo

Nelson A. Mendes
Não consigo comentar esta notícia.
Acho triste e de insulto, com falta de cuidado com as coisas sérias.
Mas até a data, ainda não aparece nenhum culpado e ninguém é responsabilizado por um erro grosseiro e estúpido.
E é muita pena. Que palhaçada.

Nenhum comentário: