terça-feira, 10 de julho de 2012

Angola Tenta Luta: Pessoas com deficiência têm lugar na sociedade


A aprovação da Política Nacional de Pessoas com Deficiência melhora as condições e qualidade de vida dos deficientes e promove a sua participação na sociedade. O pleno exercício dos direitos básicos e de cidadania propicia aos deficientes a sua realização pessoal e bem-estar social e económico.
O diploma aprovado na Assembleia Nacional mudou o seu quotidiano. Responsáveis de várias associações de pessoas com deficiência, contactadas pelo Jornal de Angola, estão satisfeitos pelo facto do Executivo ter tomado a iniciativa legislativa e ter sido aprovada no Parlamento.


O presidente da Associação Nacional dos Deficientes de Angola (ANDA), Silva Lopes Etiambulo, congratulou-se com o gesto do Executivo, e disse que a nova lei vai ajudar muito a vida das pessoas que lidam com a deficiência.
A aprovação do diploma legal, disse, mostra que o Executivo está preocupado com a situação das pessoas com deficiência.
Silva Lopes Etiambulo louvou os esforços do Ministério da Assistência e Rehttp://www.blogger.com/img/blank.gifinserção Social que apresentou a proposta ao Chefe do Executivo e promoveu a aprovação e entrada em vigor do diploma.
O presidente da Associação Nacional dos Deficientes de Angola disse ainda que com aprovação da lei, o país está em condições de melhorar a situação social e económica das pessoas com deficiência.
Silva Etiamulo espera que a aprovação da lei traga resultados positivos, na medida em que muitas pessoas com deficiência vivem num estado de extrema pobreza. “A aprovação da Política Nacional da Pessoa com Deficiência é um grande ganho para nós e um alívio para as instituições que lidam com a problemática das pessoas com deficiência”.

Veja Aqui

Nenhum comentário: