sábado, 23 de junho de 2012

Quinzena das crianças ONGs preocupados com situação deficientes menores


No quadro das comemorações da Quinzena de Crianças Africanas, o grupo A voz das Meni&cri promoveu uma série de actividades que vai desde debate radiofónico, exposição de fotos e a palestra sobre os direitos das crianças isto tudo para reflectir sobre a problemática das crianças na Guiné-Bissau.

Neste âmbito, no dia 4 de Abril, Dia Internacional das crianças vítimas de agressão A voz das Meni&cri realizou na rádio jovem um debate radiofónico para falar de situação das crianças com especial destaque para as crianças com deficiência na Guiné-Bissau, onde tiveram como convidados a Directora da Casa Emanuel Sra. Isabel Juaninho e o Dr. Emanuel Fernandes, chefe de Departamento Jurídico do Instituto de Mulheres e Crianças (IMC).
Durante o debate, os convidados lamentaram a situação com que se deparam as crianças com deficiência: "se não houvesse a Casa Emanuel muitas crianças com deficiências já estariam mortas ou deitadas nos rios, sob a alegação de serem irãs (espírito maligno), por isso a inserção das deficientes na sociedade é uma tarefa de todos nós, referiu a dona Isabel.
Dr. Emanuel Fernandes por seu lado, disse que a data é de extrema importância para o IMC, porque serve como dia de reflexão para com as nossas crianças, sobretudo as mais vulneráveis.
IMC tem como responsabilidade criar protecção das crianças, em especial as com deficiência, devido às limitações financeiras do nosso Estado o Instituto não consegue cumprir com as suas obrigações de financiar instituições que trabalham com crianças e não obstante a ratificação da convenção dos direitos das crianças. Realçou Emanuel Fernandes. Ainda para o cumprimento das actividades no quadro da quinzena, o grupo promoveu, no dia 12, uma palestra, exposição de fotos e a exibição de documentário das crianças com deficiência em Bissau no auditório de Centro Cultural Brasil Guiné-Bissau (CCBGB), tendo-se registado uma enchente dos convidados e que teve a presença honrosa da senhora Joelma Pereira em representação da Plan Guiné-Bissau, Maimuna Oringa apresentadora de rubrica fala de deficiente, uma rubrica dentro do programa “Viva Sol Mansi”, na rádio que ostenta o mesmo nome e o Sr. José Augusto Lopes, Director da Escola de Surdos e Mudos.

Crianças Africanas promovem os seus direitos

16 de Junho é comemorado em tudo o mundo como Dia da Criança Africana, a voz das meninas e crianças, abreviado A Voz das Meni&Cri, para assinalar a comemoração da data realizou no auditório do (CCBGB) uma conferência sob o tema: Os direitos das crianças e comportamento da sociedade face às crianças com deficiência na Guiné-Bissau tema orado pelos: Dr.Emanuel Fernandes jurista e chefe de departamento jurídico de Instituto de Mulheres e Crianças (IMC) e a Nancy Germano Schwarz socióloga e professora universitária, onde de forma clara abordaram o tema com toda a perfeição e esclareceram de uma maneira sucinta as dúvidas levantadas pelos presentes na palestra. De realçar que a mesma contou com a participação massiva das diferentes organizações juvenis que trabalham pelo respeito dos direitos das crianças na Guiné-Bissau e foi abrilhantada com a actuação do grupo cultural “Netos de Bandim” que, para alguns, actualmente é o melhor da capital Bissau

Veja Aqui

Nenhum comentário: