domingo, 10 de junho de 2012

Militar paraplégico tem carro adaptado


Filipe Cerqueira, o militar da GNR de Amarante que ficou paraplégico há um ano após um acidente de bicicleta, conseguiu mais uma conquista na sua nova vida. Depois da reportagem realizada pelo Correio da Manhã sobre o desejo de Filipe de adquirir um veículo adaptado, a solidariedade foi grande e o sonho está perto de se concretizar. Já foram angariados 4408 euros, o que permitiu pagar a entrada do carro, mas ainda faltam 10 792 euros para pagar a totalidade. Os olhos de Filipe Cerqueira brilham numa esperança renovada de vir a ter mais independência.

"Estou muito feliz por este dia e quero agradecer a todos os camaradas, aos amigos da Associação dos Profissionais da Guarda, família e a todos os que, não me conhecendo, contribuíram para esta causa" disse Filipe.
A surpresa foi feita pela esposa, que chegou a casa com o novo automóvel. "Foi um momento único e, ainda para mais, trazido pela pessoa mais importante da minha vida, que é a minha esposa, Diana", salientou o militar.
Filipe Cerqueira tem ultrapassado muitas barreiras e todos os dias luta para conseguir mais e melhor, numa vida a que teve de se adaptar. Não desiste, e a força deve-se a todos o que o acompanharam até agora. "Fui sempre muito apoiado no Hospital de São João, no Hospital Militar e no Hospital de Reabilitação Rovisco Pais. Em todos, encontrei equipas que foram essenciais para a qualidade de vida que consegui".
O automóvel ainda não está pago, mas amigos e camaradas não desistem de continuar a ajudar através de várias acções para angariar fundos. "Hoje, sinto-me mais independente e com uma vida mais livre. Estou feliz".
A Associação dos Profissionais da Guarda criou uma secção de solidariedade que visa ajudar militares em dificuldades.

Fonte: Correio da Manhã

Nenhum comentário: