quinta-feira, 22 de março de 2012

Lista de espera sobe 10 por cento


O número de doentes em lista de espera para cirurgia aumentou em 2011, ano em que entraram para a lista mais de 16 mil pessoas.
De acordo com os dados "ainda provisórios" apresentados ontem pelo coordenador do Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia (SIGIC), Pedro Gomes, em Dezembro de 2010 aguardavam por uma cirurgia 158 625 utentes; em Dezembro de 2011, esse número era de 175 282, uma diferença de 16 657 doentes. Os números verificados em 2011 representam um ‘retrocesso’ até aos dados de 2008. Pedro Gomes, que foi ouvido na comissão parlamentar de saúde, referiu ainda que a mediana do tempo de espera aumentou de 3,1 para 3,2 meses. Pedro Gomes assegurou que estes aumentos não correspondem a uma redução do número de cirurgias realizadas, frisando que "o maior número de cirurgias realizou-se em 2011".
O responsável do SIGIC justificou a entrada de mais de 16 mil doentes em lista de espera com o "aumento da idade, das necessidades, das oportunidades de tratamento e das cirurgias cada vez mais seguras".

Fonte: Correio da Manhã

Nelson F. Almeida Mendes
Por vezes eu não quero acreditar, mas não sei onde é que Portugal vai parar.
Estou a sofrer o mesmo problema, a espera de ser chamado porá a cirurgia desde 2010 e até agora estou a aguardar.
Assim é demais. É injusto e intolerável.

Nenhum comentário: